Qual a Diferença entre Hidratação, Nutrição e Reconstrução Capilar?

Os cabelos saudáveis precisam de nutrientes específicos para a manutenção dos fios. Além das fontes necessárias de uma boa alimentação, esses nutrientes são obtidos por meio de tratamentos e os produtos podem ser aplicados em todos os tipos de cabelos.

Entender a diferença entre hidratação, nutrição e reconstrução capilar vai te ajudar bastante na hora da aquisição cosméticos ou na hora de marcar um horário no salão.

Você saberá exatamente do que precisa de acordo com a necessidade dos seus fios. Inclusive, você pode fazer um cronograma capilar para ter anotado direitinho o dia certo de fazer cada tratamento. Então, saiba a diferença dessas três etapas de cuidado com os cabelos!

Hidratação capilar

A hidratação tem por objetivo propiciar fios hidratados, de modo a deixar o cabelo macio, suave e maleável. Ela pode ser realizada até duas ou três vezes a cada semana. Todos os cabelos precisam passar por esse processo para se proteger da ação de efeitos externos do ambiente.

Nesse sentido, quaisquer máscaras têm efeito hidratante, sendo essa sua função principal. Nas máscaras estão presentes elementos como glicerina, aloe vera, silicone, vitaminas, mel e açúcares.

Nutrição capilar

A função da nutrição aos fios é restaurar os lipídios, que conferem oleosidade ao cabelo. Isso não significa que seu cabelo ficará “oleoso”, e sim com a quantidade considerada saudável para que os fios fiquem alinhados.

Geralmente é feita com óleos vegetais, mas há também máscaras próprias com a fórmula adequada para nutrir o cabelo. A nutrição deixa o cabelo mais brilhoso e forte, além de eliminar pontas duplas.  Os resultados são praticamente imediatos e essa prática para selar os fios pode ser feita de uma a duas vezes por semana. 

Alguns dos componentes de produtos para nutrição capilar são óleo de argan, manteigas vegetais, tutano e ceramidas.

Quem tem o cabelo cacheado deve se atentar para a nutrição capilar, pois os cachos dificultam a distribuição da oleosidade até as pontas, pois fica retida na raiz.

Reconstrução capilar

A reconstrução capilar tem por função harmonizar a queratina do fio, fortalecendo a fibra capilar com proteínas e aminoácidos. Dessa forma, ajuda a reverter os efeitos danosos dos procedimentos químicos aplicados ao cabelo.

Pessoas que têm cabelos ressecados, quebradiços e danificados pelo uso de escovas progressivas, por exemplo, podem utilizar esse método para prevenir e remediar efeitos adversos. Os cabelos ficam bonitos e sedosos com as máscaras de queratina. Outros componentes são a creatina, a arginina, o colágeno e os aminoácidos.

É preciso apenas ficar atenta porque se você utilizar muita queratina os cabelos podem ficar rígidos e quebrar.  Portanto, o recomendado é usar a cada 15 dias ou uma vez por mês.

Agora você já sabe a diferença entre hidratação, nutrição e reconstrução capilar. Quem realiza processos químicos no cabelo ou utiliza escovas e chapinhas com muita frequência precisa se atentar para produtos que garantam a saúde dos fios e que evitem o aspecto seco e fragilizado.

Seu cabelo está danificado? Siga todas essas dicas e você começará a ver os resultados em poucas semanas!

Você tem progressiva e quer saber como cuidar dos seus cabelos, veja no link abaixo.

Comentários